Conheça o novo seguro agrícola que chega ao mercado nacional

milho2

O agronegócio é uma atividade imprevisível, principalmente por conta das inúmeras intempéries, capazes de assolar a colheita e prejudicar futuras safras. Mas, mesmo com essa imprevisibilidade, a indústria de seguro agrícola ainda é pouco difundida entre os produtores brasileiros.

Para ter uma ideia, menos de 15% da área plantada no Brasil é coberta por algum tipo de seguro. Esse dado é alarmante, levando-se em consideração que o território nacional é extremamente extenso e possui uma das maiores economias voltadas para a agricultura da América do Sul.

Além disso, apenas 8% dos 5,5 milhões de produtores no país utilizam algum tipo de seguro e mais de 90% do Valor Bruto da Produção de soja, milho e trigo no Brasil, em 2016, estava sem cobertura de seguro, segundo dados do Mapa/SPA.

Grafico-4Grafico-3Grafico-2
Isso demonstra que a produção agrícola brasileira está totalmente vulnerável a problemas climáticos, e mesmo as áreas cobertas por algum tipo de seguro, em caso de situações extremas, estão protegidas por modelos que não beneficiam os produtores.

Para ocupar essa lacuna, foi criado pela Markel um novo conceito de seguro. A empresa, com 90 anos de mercado internacional, é a nova parceira do agronegócio brasileiro e irá trabalhar lado a lado com o produtor, que é o alicerce fundamental de todo o ciclo produtivo.

Proteção garantida

Se o clima não colaborar e a lavoura for prejudicada por alguma intempérie, o custo da produção será coberto pelo seguro Markel, ou seja, ele irá empatar o investimento. Quando o clima se comportar dentro do esperado, o produtor irá lucrar com a colheita e estará mais seguro para investir na próxima safra.

Dessa forma, o novo Seguro Agrícola Markel garante a proteção de toda a cadeia produtiva. Os distribuidores irão vender mais, tendo a segurança do recebimento; e o produtor terá maior capacidade de investimento, sem colocar em risco o seu patrimônio e a sua relação com os fornecedores.

O novo modelo de seguro é precificado com base no custo real de produção. O valor da apólice é competitivo e acessível a todos. Neste primeiro ano de atuação, a seguradora terá coberturas disponíveis para os cultivos de soja, milho, cana-de-açúcar e algodão. Para próximas safras, novas coberturas estão sendo desenvolvidas para garantir, ainda mais, a estabilidade da cadeia produtiva do agronegócio brasileiro.

Grafico-0

Grafico-1

Dessa forma, o produtor possui maior segurança para aumentar seus investimentos em tecnologia, ampliando também sua produtividade. Por sua vez, as revendas também terão a certeza de que receberão pelas vendas, com perspectiva de aumento da demanda para as próximas safras.
Ao ter certeza de que pode plantar tranquilo, o produtor terá o seguro como um item inquestionável para o gerenciamento do risco em sua lavoura.